| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Work with all your cloud files (Drive, Dropbox, and Slack and Gmail attachments) and documents (Google Docs, Sheets, and Notion) in one place. Try Dokkio (from the makers of PBworks) for free. Now available on the web, Mac, Windows, and as a Chrome extension!

View
 

Esta é a Cidade

Page history last edited by Inpi 11 years, 7 months ago

Este ficheiro encontra-se aqui

 

3º Período

Lições nº 1 e 2                                           12/04/10

Sumário

Planificação das Actividades. Análise formal e de conteúdo de Texto Poético: Esta é a Cidade.

Fonte TPC

manual, pag 164   Ex. 4, 5, 6 ,8 , 10 ou trabalho e apresentação do texto livremente.

1. O Poeta vê através do turbilhão vivo da cidade o segredo das existências humanas que se agitam sem dominar o sentido final de tudo isso. O poeta está a relatar  a multidão e a confusão diária que desta forma é tão comum que ninguém repara. O poeta vê as pessoas e os carros que o põem maluco. O poeta vê muita felicidade pois vê muita coisa que lhe agrada; vê muita magia, que até chora de felicidade.

2. Esta enumeração provoca o efeito da confusão total que se instala na cidade: muitos carros, muitos veículos que retiram a beleza da cidade.

3. "Gente, gente, gente, gente..." o poeta diz que aquela cidade era tão caótica por ter uma população tão numerosa. Dá uma noção de espaço e quantidade. dá a noção de quantidade e confusão.

4. 

 

5.3. 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.