| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Work with all your cloud files (Drive, Dropbox, and Slack and Gmail attachments) and documents (Google Docs, Sheets, and Notion) in one place. Try Dokkio (from the makers of PBworks) for free. Now available on the web, Mac, Windows, and as a Chrome extension!

View
 

Andreia 6B

Page history last edited by Inpi 11 years, 10 months ago

 

O meu Natal e Ano Novo

 

       Natal… Tudo começou com os primeiros dias de liberdade: férias! Não fiz nada de especial, apenas fiquei em casa para descansar. O Natal é uma tradição em que se decora a casa com: árvores (pinheiros), coroas (que se metem nas portas), velas e bolas na árvore de Natal... pelo menos é assim que eu e a minha família costumamos enfeitar a casa, mas há vários tipos de decoração…Ah! Já para não esquecer as prendas que se põem debaixo do pinheiro de Natal, isso sim, é uma boa decoração!


       Pedi várias coisas, já não me lembro…Mas fiquei muito contente com o que me ofereceram.

       Mas acho que a melhor prenda que recebi foi rever a família, pois alguns dos familiares não tinham vindo no Natal passado, por isso já não os via há algum tempo…Não costumo passar o Natal noutro sítio sem ser em casa dos meus avós, em Sesimbra, só de vez em quando é que vou passar o Natal em nova Iorque, com os meus avós da parte da mãe. Lá costuma nevar, e muito, então ficamos em casa dos meus tios, que é enorme e a lareira deles é enorme também, por isso ficamos ali todos aconchegados no sofá a comer marshmellows deliciosos e a falar.


     Mas quando passo o Natal aqui em Portugal também me divirto, pois tenho primos da minha idade e também porque…é divertido! Os meus avós costumam enfeitar imenso a casa - tal como os meus tios lá em Nova Iorque -  e gostam também imenso de comprar coisas novas para não ser sempre o mesmo. Então eu e os meus primos costumamos ir mexer nas coisas/enfeites que a família compra…a família, pois toda a gente gosta de estrear coisas novas. Até que chega a hora da ceia de Natal, em que comemos sempre bacalhau com couves e batatas feitas pela minha avó, que são sempre uma delícia…


       Mas a parte que gostamos mais são a troca de presentes, em que damos e recebemos prendas de toda a gente…todos os anos os adultos dizem para não haver troca de presentes entre os adultos, mas um miminho não faz mal a ninguém, ou seja, todos os adultos trocam prendam entre si...Todos os Natais são inesquecíveis, não existe um único de que eu não me lembre, tenho sempre boas recordações.


        Ano Novo…tal como o Natal, o Ano Novo é uma tradição em que se dão as boas-vindas ao ano que se inicia.

       Inicia-se com as doze badaladas, cá em Portugal comemos passas, mas lá em Espanha comem-se uvas, e como fomos uma vez passar a passagem de ano lá em Espanha e comemos uvas, agora, como preferimos uvas a passas, começámos a comer uvas.


       Mas este ano as doze badaladas foram muito rápidas, estávamos na mesa da sala a ver televisão à espera que passassem a contagem para as doze badaladas, e nós os quatro (mãe, pai, irmã e eu) todos entusiasmados para as doze badaladas e…em vez de uma “festa” como fazem lá em Espanha, não…as doze badaladas, a contagem, é como um anúncio da super bock. Por isso nós pensávamos que era apenas um anúncio da super bock, mas eu vi no telemóvel e já era meia-noite..!


       Passámos em casa, por isso não vimos os fogos-de-artifício, nem passou pela televisão…Mas mesmo assim festejámos com champanhe e Coca-Cola…e com uma coisa, que não me lembro do nome, que deita papelinhos, tipo serpentinas, mas como aquilo custava a abrir, só conseguimos abrir à meia-noite e meia.

  Mas antes de tanto esforço e champanhe, jantámos fondue de gambas e alguma carne, por isso é que nos custou a adormecer, pois estávamos de barriga cheia.


  Depois de tantas festas e prendas, chegou o momento de descansar, descansar, mas mesmo descansar, sem ninguém, só nós os quatro sem ter ido a sítio nenhum, só casinha, por isso não houve paisagens novas.


       Isto é o bom das festas, quer dizer, não só para receber prendas e safarmo-nos das aulas, mas também para aproveitarmos para descansar e estar com a família, pois é isso mesmo que Natal significa: família.


  Depois tem que começar a escola, claro, e nota-se uma grande diferença, quer dizer, de férias não se tem de preocupar com nada a não ser divertir e descansar, mas quando acabam…ui…tem que se preocupar com mil e uma coisas. Mas é a vida! 

Comments (1)

Andreia P said

at 4:16 pm on Jan 13, 2010

obrigada por ter publicado o meu texto! Mostrei á minha mãe e ela começou logo com coisas de mãe...do tipo "estou tão orgulhosa".

You don't have permission to comment on this page.